July 6, 2018 / 4:11 PM / 4 months ago

Trump evitará protestos em Londres com compromissos oficiais fora da capital britânica

Presidente dos EUA, Donald Trump, acena antes de embarcar no Air Force One 05/07/2018 REUTERS/Joshua Roberts

LONDRES (Reuters) - O presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, irá evitar protestos no centro de Londres, que marcarão sua visita oficial ao Reino Unido na próxima semana, se reunindo com autoridades fora da capital, em residências de campo e castelos.

Mais de 50 mil pessoas se inscreveram para uma manifestação no centro da capital britânica para protestar contra o que descrevem como racismo e sexismo de Trump, assim como a maneira como o presidente lida com imigrantes. Uma manifestação positiva, para receber Trump, também é prevista.

Trump irá se reunir com a primeira-ministra britânica, Theresa May, em uma residência do século 16, encontrar com a rainha Elizabeth no Castelo de Windsor, e participar de um jantar de gala na casa do ex-premiê britânico Winston Churchill —todos fora de Londres.

Uma porta-voz de May disse nesta sexta-feira que a viagem não foi planejada deliberadamente para manter Trump longe de manifestantes e que os britânicos estão ansiosos para sua visita.

“Estamos ansiosos para garantir que o presidente tenha a chance de ver e experimentar o Reino Unido para além de Londres e do sudeste”, disse a repórteres.

A visita acontece em um momento difícil, com May tentando garantir o sucesso do Brexit e manter seu governo minoritário estável, enquanto Trump desafia conceitos ocidentais sobre livre comércio e abandona instituições globais.

O Reino Unido considera seus laços com os Estados Unidos, que chama de relacionamento especial, como um pilar de suas políticas comerciais e de relações exteriores, à medida que se prepara para deixar a União Europeia.

Mas, alguns britânicos vêem Trump como bruto e volátil. Os comentários de Trump sobre atentados no Reino Unido provocaram insatisfação e ele tem frequentemente se envolvido em rixas com o prefeito de Londres, Sadiq Khan, em redes sociais.

Manifestantes planejam sobrevoar o Parlamento com um dirigível retratando Trump como um bebê laranja durante a visita oficial do presidente, depois que Khan aprovou uma solicitação para seu uso.

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below