July 20, 2018 / 2:16 PM / 4 months ago

Tailandeses produzem arte e camisetas para marcar resgate de meninos de caverna

CHIANG RAI (Reuters) - Produtos temáticos do time de futebol mirim resgatado de uma caverna inundada na Tailândia estão fazendo sucesso, disse Suwit Jaipom, que administra uma galeria de arte na província de Chiang Rai, onde os meninos moram.

Homem tira selfie em frente a painel em homenagem a resgate de meninos em caverna na Tailândia 20/07/2018 REUTERS/Soe Zeya Tun

Os 12 meninos, de entre 11 e 16 anos, e seu técnico de 25 anos, que desapareceram no dia 23 de junho enquanto exploravam um complexo de cavernas, foram resgatados na semana passada durante perigosa operação de três dias que prendeu a atenção do mundo.

“Há muita demanda por souvenirs”, disse à Reuters Suwit, presidente da galeria Art Bridge Chiang Rai, que começou a receber pedidos por camisetas do time na semana passada. “O produto mais rápido que nós podemos fazer são as camisetas.”

A galeria já produziu 2 mil camisetas, que também são estampadas com a palavra “Herói” em vermelho, em homenagem a Samarn Kunan, um mergulhador voluntário que morreu no dia 6 de julho, após perder consciência durante missão para distribuir tanques de oxigênio dentro da caverna.

Com cada camiseta sendo vendida por 200 baht (6 dólares), o lucro líquido chegará a 200 mil baht (6 mil dólares), e será destinado a atividades de caridade, acrescentou Suwit, que também é artista.

Mas, não há planos de vender mais camisetas ou pedir que os meninos posem com a roupa, acrescentou.

“Se nós insistirmos, se tornará comercial, o que eu não quero que aconteça”, disse Suwit. “As pessoas que compram só querem mostrar apoio aos heróis”, disse.

O grupo, que os tailandeses passaram a ver como um tesouro nacional, foi liberado do hospital na quarta-feira e os meninos estão se recuperando em casa, onde devem permanecer por cerca de um mês.

Uma tela exibida do lado de fora da galeria comemora a dramática operação de resgate que contou com centenas de participantes, incluindo mergulhadores de todo o mundo.

Suwit espera que a pintura de 13 metros, que retrata as equipes de resgate, incluindo os mergulhadores britânicos que encontraram os meninos, seja uma “crônica da história”.

Reportagem adicional de Chayut Setboonsarng e Panu Wongcha-um em Bangcoc

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below