July 25, 2018 / 2:37 PM / 2 months ago

Trump diz que China está atingindo agricultores dos EUA de maneira "cruel"

WASHINGTON (Reuters) - O presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, acusou a China nesta quarta-feira de atingir agricultores norte-americanos de maneira “cruel” e de usá-los como alavanca para obter concessões comerciais.

Presidente dos EUA, Donald Trump, em Washington 23/07/2018 REUTERS/Carlos Barria

“A China está visando nosso agricultores, que sabe que amamos e respeitamos, como uma maneira de me fazer continuar a permitir que se aproveitem dos EUA. Eles estão sendo cruéis no que será uma tentativa fracassada. Estávamos sendo legais — até agora!”, escreveu Trump.

Os agricultores norte-americanos estão sendo particularmente atingidos pela crise atual da política comercial, e outros países estão tentando retaliar as tarifas dos EUA a bens chineses e a importações de aço e alumínio da União Europeia, do Canadá e do México.

Os países afetados, por sua vez, estão visando produtos agrícolas dos EUA, como soja, laticínios, carne bovina, produtos agropecuários e bebidas alcoólicas.

Os EUA exportaram 138 bilhões de dólares em produtos agrícolas em 2017, sendo 21,5 bilhões só de soja, a exportação mais valiosa. A China sozinha importou 12,3 bilhões de soja norte-americana no ano passado, segundo o Departamento de Agricultura dos EUA.

Na terça-feira o governo Trump disse que usará um programa dos tempos da Grande Depressão para oferecer até 12 bilhões de dólares aos agricultores para ajudá-los a suportar a guerra comercial crescente.

Por Doina Chiacu

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below