July 27, 2018 / 11:46 PM / 2 months ago

EUA dizem que dados sobre famílias separadas não estão disponíveis

NOVA YORK (Reuters) - O governo dos Estados Unidos informou em documentos judiciais na quinta-feira que não teve capacidades técnicas suficientes para fornecer prontamente aos Estados informações sobre crianças separadas de seus pais na fronteira com o México sob a política de “tolerância zero” do presidente Donald Trump em relação a imigrantes ilegais.

Como parte de um processo em tribunal federal em Seattle desafiando as políticas imigratórias de Trump, mais de uma dúzia de Estados solicitaram ao governo federal listas de crianças separadas de seus pais, a localização de cada criança, informações sobre pais separados e os planos do governo para reuni-las.

O governo informou em documentos desta sexta-feira que tentativas de recolher dados para cumprir os pedidos dos Estados irá desviá-lo de esforços para reunir famílias.

Jonathan White, do Departamento de Saúde e Serviços Humanos dos EUA (HHS), disse em documento judicial na quinta-feira que o governo irá precisar realizar uma revisão manual para identificar todas as crianças separadas em cada um dos Estados demandantes.

Não há maneira automatizada de criar uma lista de crianças separadas por Estado ou por instalação, disse.

Mais cedo neste mês, a Reuters relatou que o sistema de computador usado para rastrear crianças imigrantes sob supervisão do HHS possui pouca habilidade de interagir com a base de dados separada usada pela Imigração e Alfândega dos EUA para rastrear os pais das crianças.

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below