July 28, 2018 / 12:06 AM / 4 months ago

Argentina aumenta tarifas de ônibus e trem para reduzir dívida fiscal

BUENOS AIRES (Reuters) - A Argentina irá gradualmente aumentar as tarifas de transporte público na região metropolitana de Buenos Aires, disse o ministro dos Transportes nesta sexta-feira, em um esforço para reduzir sua dívida fiscal.

Bilhetes de ônibus, que custam cerca de 10 pesos (0,36 dólar), aumentarão em 30 por cento, ou um peso por mês ao longo dos três próximos meses. O preço dos bilhetes de trem também subirá para 8,75 pesos (0,32 dólar), ante 6,75 pesos (0,25 dólar) ao longo do mesmo período, disse o ministro dos Transportes, Guillermo Dietrich, a repórteres.

Os aumentos buscam reduzir os grandes subsídios da Argentina para operadores de transporte público para bater metas fiscais após seu acordo de financiamento de 50 bilhões de dólares com o Fundo Monetário Internacional (FMI) no mês passado.

Dietrich disse que se havia outra opção, o presidente Mauricio Macri “a teria feito, porque nós sabemos que um peso extra no bolso de todo mundo importa”.

O ministro disse que as tarifas para passageiros de baixa renda cresceriam em uma porcentagem menor.

Por Eliana Raszewski e Scott Squires

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below