July 29, 2018 / 2:45 PM / in 4 months

Partido no poder do Camboja alega vitória eleitoral - porta-voz

PHNOM PENH (Reuters) - O Partido Popular do Camboja (CPP), atualmente no poder, afirmou neste domingo ter vencido as eleições gerais que grupos de direita afirmam não terem sido nem livres nem justas.

Sem oposição real, era esperado que o primeiro-ministro, Hun Sen, vencesse. No entanto, críticos chamaram as eleições de farsa por conta de uma campanha de intimidação feita por Hun Sen e seus aliados contra críticos e a dissolução do principal partido de oposição no ano passado.

O porta-voz do CPP, Sok Eysan, afirmou que seu partido venceu um número estimado de 100 dos 125 assentos do Parlamento.

“O CPP venceu 80 por cento de todos os votos e estimamos que venceremos não menos de 100 assentos”, disse Sok Eysan à Reuters em entrevista pelo telefone.

Os resultados de todo o país ainda estavam sendo anunciados pela Comissão Eleitoral Nacional neste domingo. Resultados oficiais não são esperados até meados de agosto.

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below