July 30, 2018 / 1:46 PM / 4 months ago

Novo chanceler britânico identifica esposa chinesa como japonesa durante visita a Pequim

Ministro de Relações Exteriores do Reino Unido, Jeremy Hunt, durante coletiva de imprensa com o chanceler chinês, Wang Yi, em Pequim 30/07/2018 REUTERS/Jason Lee

PEQUIM (Reuters) - Durante sua primeira visita à China como novo ministro de Relações Exteriores do Reino Unido, Jeremy Hunt, cometeu uma gafe dizendo ao chanceler chinês que sua mulher era japonesa, ao invés de chinesa, mas se corrigindo rapidamente.

No início das conversas em Pequim nesta segunda-feira, Hunt disse ao ministro de Relações Exteriores da China, Wang Yi, que tem um relacionamento antigo com o país, desde uma viagem que fez aos 19 anos de idade.

“Minha mulher é japonesa —minha mulher é chinesa. Este é um erro terrível”, disse Hunt, provocando risos.

“Minha mulher é chinesa, e meus filhos são metade chineses, então temos avós chineses que moram em Xian e laços familiares fortes com a China”.

Hunt se casou com sua mulher Lucia em julho de 2009 e o casal tem um filho e duas filhas, segundo seu site.

Hunt, que tomou posse neste mês após a renúncia de Boris Johnson, visitava Pequim em apenas sua segunda viagem ao exterior desde que assumiu a função de chanceler.

Mas, o restante de suas conversas com Wang, ex-embaixador chinês no Japão que fala japonês fluentemente, foi muito melhor.

Depois, Hunt disse em coletiva de imprensa que a China ofereceu negociar com o Reino Unido um acordo de livre-comércio após o Brexit.

Reportagem de Ben Blanchard

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below