July 30, 2018 / 2:26 PM / 3 months ago

Sob críticas, premiê grego visita cidade atingida por incêndio que deixou 91 mortos

ATENAS (Reuters) - O primeiro-ministro da Grécia, Alexis Tsipras, se encontrou com sobreviventes de um incêndio florestal que matou ao menos 91 pessoas durante sua primeira visita à cidade de Mati, nesta segunda-feira, depois de ser criticado pela reação do governo à tragédia.

Premiê grego, Alexis Tsipras, visita vilarejo de Mati 30/07/2018 Gabinete do Primeiro-Ministro da Grécia/Divulgação via Reuters

O incêndio teve início uma semana atrás na localidade turística situada 30 quilômetros a leste de Atenas, e Tsipras foi atacado por partidos de oposição devido à maneira como o governo lidou com o desastre, que também deixou dezenas de feridos.

Tsipras assumiu toda a responsabilidade política e prometeu uma série de mudanças, entre elas a repressão a construções ilegais e aleatórias que se acredita terem intensificado as chamas.

Ele passou cerca de uma hora na área e se encontrou com moradores, bombeiros e policiais, disse seu escritório em um comunicado.        

“Hoje visitei o local da tragédia”, tuitou Tsipras. “Sinto uma tristeza inexprimível, mas também um respeito imenso por aqueles que lutaram uma batalha desigual com as chamas”.

Um total de 25 pessoas ainda estão desaparecidas e 28 corpos ainda não foram identificados, disse o corpo de bombeiros no domingo.

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below