July 31, 2018 / 6:33 PM / 2 months ago

Três jornalistas europeus são mortos em ataque na República Centro-Africana

BANGUI (Reuters) - Três jornalistas europeus foram mortos durante a madrugada na República Centro-Africana por agressores não identificados que cercaram seu veículo, disse o prefeito da cidade mais próxima na terça-feira.

Henri Depele, o prefeito de Sibut, a cerca de 200 quilômetros a nordeste da capital Bangui, disse que dois russos e um ucraniano foram mortos por volta das 22h (horário local). O motorista sobreviveu ao ataque.

“De acordo com as explicações do motorista, quando eles estavam a 23 quilômetros de Sibut ... homens armados saíram do mato e abriram fogo contra o veículo. Os três jornalistas morreram instantaneamente”, disse ele.

O porta-voz do presidente da República Centro-Africana, Albert Yaloke Mokpeme, disse que os corpos de três pessoas “de aparência europeia” foram encontrados por militares perto de Sibut, mas que ele não sabia sua nacionalidade ou profissão.

Uma fonte policial, que pediu anonimato, disse que as autoridades encontraram um distintivo de identificação da imprensa russa em um deles e passagens de avião de Moscou para Casablanca e Casablanca para Bangui.

A Rússia entregou armas leves às forças de segurança da República Centro-Africana este ano e enviou centenas de instrutores militares e civis para treiná-las. O país tem sido devastado pela violência de milícias desde que uma rebelião de 2013 derrubou o então presidente François Bozize.

Reportagem de Crispin Dembassa-Kette e Paul Logerie

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below