August 3, 2018 / 3:49 PM / in 4 months

Taliban bombardeia e incendeia 12 escolas no norte do Paquistão

PESHAWAR, Paquistão (Reuters) - Doze escolas, oito para meninas e quatro para meninos, foram atacadas com bombas e incendiadas de madrugada em um distrito do norte do Paquistão onde militantes ligados ao Taliban que rejeitam a educação feminina estão ativos, disse a polícia nesta sexta-feira.

O Taliban paquistanês e militantes islâmicos aliados, que veem a educação feminina como contrária ao Islã, vêm atacando milhares de escolas para mulheres jovens em partes do noroeste e do norte do país.

Os ataques em vilarejos do distrito de Diamer, no norte de Gilgit —área conhecida pela beleza de sua paisagem mas que testemunhou ataques ligados ao Taliban contra turistas estrangeiros e muçulmanos da minoria xiita— foram um ato bem planejado e coordenado, disse o chefe de polícia Raja Ajmal.

Os agressores também tentaram invadir uma escola administrada pelo Exército, mas foram impedidos por guardas, disse o morador Ghayas Ali. “As pessoas ouviram fortes explosões.”

Ninguém assumiu a autoria da ação, e não há relatos de baixas.

“Vocês sabem bem quem está realizando este tipo de ato e quais são seus motivos”, disse o policial à Reuters por telefone. Ele contou que os moradores têm um histórico de rejeição à educação feminina, mas recentemente o governo ajudou a construir escolas para meninas no local.

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below