August 4, 2018 / 7:59 PM / 2 months ago

Estado Islâmico diz que bombardeou mesquita xiita afegã

CAIRO (Reuters) - O Estado Islâmico assumiu neste sábado a responsabilidade pelo atentado suicida contra uma mesquita xiita no leste do Afeganistão, que matou 39 pessoas e feriu outras 80 pessoas.

Em um comunicado divulgado por sua agência de notícias Amaq, o grupo disse que cerca de 150 xiitas e membros das forças de segurança foram mortos ou feridos no ataque de sexta-feira na cidade de Gardez, na província de Paktia, mas deram poucos detalhes sobre como o ataque foi realizado.

O chefe de polícia de Paktia disse que dois militantes vestidos com burcas realizaram o ataque à mesquita, onde mais de 100 pessoas se reuniam para orar.

Os militantes do Estado Islâmico veem os muçulmanos xiitas como hereges.

O grupo assumiu a responsabilidade por uma série de ataques contra mesquitas xiitas, instalações de segurança e civis no Afeganistão nas últimas semanas, à medida que aumenta a pressão para as negociações de paz entre o governo apoiado pelo Ocidente e o Taliban.

Reportagem de Omar Fahmy

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below