August 6, 2018 / 12:22 PM / a month ago

Furacão Hector se intensifica e pode chegar ao Havaí nesta semana

(Reuters) - O furacão Hector voltou a ganhar força no leste do Pacífico na noite de domingo e virou uma tempestade de categoria 4 com ventos contínuos de 225 km/h, mantendo-se em uma trajetória que pode levá-lo ao Havaí até o meio da semana, disseram autoridades.

Meteorologistas do NHC no escritório da agência, em Miami 04/10/2013 REUTERS/Gaston De Cardenas

Algumas previsões colocam a tempestade em uma possível rota de colisão com o vulcão Kilauea, na parte sul da ilha, que vem emitindo lava por fissuras em seu flanco leste desde 3 de maio e cuja cratera central está desmoronando.

O Centro Nacional de Furacões (NHC) localizou o Hector cerca de 1.818 quilômetros ao sudeste da Ilha Grande do Havaí. Seus ventos de furacão se estenderam 48 quilômetros para além de seu centro e seus ventos tropicais de 119 km/h se estenderam por 168 quilômetros, disse o NHC.

O furacão deve ganhar velocidade enquanto segue pelo oeste rumo ao centro do Pacífico nesta segunda-feira, disse o centro em um boletim na noite de domingo.

O NHC prevê um enfraquecimento gradual entre a noite desta segunda-feira e a quarta-feira.

Não se sabe ao certo se ele atingirá ou só se aproximará do extremo sul da Ilha Grande do Havaí, disse um meteorologista do Centro de Previsões do NHC em College Park, Maryland.

Os cientistas divergem sobre como furacões e vulcões podem interagir, inclusive quanto ao fato de a baixa pressão atmosférica poder ou não ajudar a desencadear uma erupção.

Por Rich McKay em Atlanta

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below