August 8, 2018 / 10:34 AM / 2 months ago

Parlamentar e líder estudantil são presos na Venezuela, diz partido de oposição

Por Alexandra Ulmer e Andreina Aponte

Parlamentar venezuelano de oposição Juan Requesens durante protesto em Caracas 30/03/2018 REUTERS/Carlos Garcia Rawlins

CARACAS (Reuters) - A oposição da Venezuela disse que o parlamentar Juan Requesens e sua irmã Rafaela Requesens, uma líder estudantil, foram presos em seu apartamento em Caracas na noite de terça-feira, depois que o presidente Nicolás Madurou ordenou uma repressão como resposta a explosões com drones em comício no fim de semana.

“Quatorze homens da (agência de inteligência) Sebin sequestraram a força o parlamentar Juan Requesens e a presidente da Federação de Centros Universitários, Rafaela Requesens”, escreveu o partido Primeiro Justiça, ao qual Juan pertence, em publicação no Twitter.

Depois, a irmã de Juan foi solta e está em “um lugar seguro”, disse seu pai em vídeo transmitido ao vivo em uma rede social que foi filmado em frente a uma prisão de Caracas.

Em pronunciamento televisionado mais tarde na terça-feira, Maduro mostrou um vídeo de uma suposta autoridade da Guarda Nacional, cujo rosto havia sido desfocado, dizendo que Juan Requesens estava envolvido no ataque com drone.

“Outro líder da oposição é mencionado, um dos mais loucos, um psicopata, seu sobrenome é Requesens”, disse Maduro durante o discurso de duas horas, no qual também acusou o líder da oposição Julio Borges de planejar assassiná-lo.

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below