March 9, 2019 / 4:01 PM / 9 months ago

Líbios temem conflito conforme comandante do leste volta sua atenção à capital

TÚNIS (Reuters) - Forças do leste da Líbia, que varreram o sul e assumiram controle de campos de óleo nas últimas semanas, reforçaram uma base no centro do país e sinalizaram que a capital Trípoli pode ser o próximo alvo.

A Organização das Nações Unidas (ONU), chocada pelo avanço do sul, está lutando para mediar as divergências entre o comandante do leste Khalifa Haftar e o governo internacionalmente reconhecido liderado pelo primeiro-ministro Fayez al-Serraj, disseram diplomatas ocidentais.

Eles temem que pode ser a última tentativa da ONU de unificar as administrações rivais e encerrar com eleições livres o caos que seguiu a deposição de Muammar Gaddafi, em 2011.

Haftar, um ex-general de 75 anos, está cada vez mais tomando o controle da situação com as próprias mãos, apoiado pelos Emirados Árabes e pelo Egito, que o consideram um baluarte contra islamitas e o homem que pode restaurar a ordem.

Ele não disse se pretende marchar contra Trípoli, o que aumentaria dramaticamente as tensões. Mas o seu Exército Nacional Líbio indicou com seriedade que pode fazer isso, se Haftar não for reconhecido como o comandante geral do Exército do país, seu objetivo desde que começou a reunir forças em 2014. 

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below