September 24, 2019 / 12:45 PM / 25 days ago

Lei define que Reino Unido sairá da UE em 31 de outubro, diz premiê Johnson

Premiê britânico, Boris Johnson, durante discurso em Nova York 23/09/2019 REUTERS/Shannon Stapleton

NOVA YORK (Reuters) - O primeiro-ministro britânico, Boris Johnson, disse nesta terça-feira que a deliberação desfavorável da Suprema Corte sobre a suspensão do Parlamento dificulta sua tentativa de estabelecer um acordo para o Brexit, mas reafirmou que, conforme a lei, o Reino Unido deixará a União Europeia em 31 de outubro.

“Como a lei está atualmente, o Reino Unido deixa a UE em 31 de outubro, haja o que houver, mas o mais empolgante para nós agora é conseguir um bom acordo”, disse Johnson a repórteres em Nova York.

“E é nisso que estamos trabalhando. E, para ser sincero, isso não é facilitado por esse tipo de ação no Parlamento ou nas cortes”, acrescentou.

“Conforme a lei, saímos em 31 de outubro, e eu estou muito esperançoso que consigamos um acordo e acredito que o que o povo do nosso país deseja é encerrar esse assunto e é isso que vamos fazer”.

Por Kylie MacLellan

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below