for-phone-onlyfor-tablet-portrait-upfor-tablet-landscape-upfor-desktop-upfor-wide-desktop-up

Ex-vice dos EUA Biden defende impeachment se Trump não responder ao Congresso

Ex-vice-presidente dos EUA, Joe Biden, faz pronunciamento em Wilmington, Delaware 24/09/2019 REUTERS/Bastiaan Slabbers

WASHINGTON (Reuters) - O ex-vice-presidente dos Estados Unidos Joe Biden pediu ao presidente Donald Trump que responda totalmente às investigações do Congresso sobre seu telefonema com o presidente ucraniano, no qual ele supostamente pressionou o líder a investigar o filho de Biden, ou corre o risco de ser removido do cargo.

“Se ele continuar a desrespeitar a lei, Donald Trump deixará o Congresso, na minha visão, sem opção a não ser iniciar um processo de impeachment”, disse Biden em uma breve pronunciamento em Delaware.

Trump confirmou nesta terça-feira que reteve quase 400 milhões de dólares em ajuda dos EUA à Ucrânia, mas negou as acusações de que fez isso para levar o presidente ucraniano, Volodymyr Zelenskiy, a iniciar uma investigação que prejudicaria Biden, seu principal rival democrata na corrida para as eleições de novembro de 2020.

Trump também afirmou na terça-feira que seu governo divulgaria “a transcrição completa” de seu telefonema.

Reportagem de Ginger Gibson

for-phone-onlyfor-tablet-portrait-upfor-tablet-landscape-upfor-desktop-upfor-wide-desktop-up