September 25, 2019 / 9:22 PM / 2 months ago

Premiê britânico Johnson diz que não irá pedir extensão de prazo para Brexit

Premiê britânico, Boris Johnson, no Parlamento 25/09/2019 TV Parlamento via REUTERS

LONDRES (Reuters) - O primeiro-ministro britânico, Boris Johnson, afirmou nesta quarta-feira que não irá buscar uma extensão para o Brexit, mesmo que condições de uma lei aprovada recentemente sejam cumpridas, forçando ele a fazer isto. 

Partidos da oposição recentemente aprovaram uma nova lei que exige que o governo peça um adiamento para o Brexit —a saída do Reino Unido da União Europeia— para além do prazo de 31 de outubro, caso não consiga assegurar um acordo até 19 de outubro, ou não tenha o apoio do Parlamento para deixar o bloco sem acordo. 

“Se não conseguir um acordo através desta Casa, ou um não acordo através desta Casa até 19 de outubro, ele buscará uma extensão da União Europeia até 31 de janeiro”, perguntaram a Johnson no Parlamento. 

“Não”, respondeu o primeiro-ministro. Ele havia dito anteriormente que o governo irá respeitar a legislação e deixar o bloco em 31 de outubro. 

Reportagem de William James 

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below