September 26, 2019 / 5:19 PM / 2 months ago

EUA aplicam sanções a Raúl Castro por apoio a Maduro e violações dos direitos humanos

Cubano Raúl Castro (à esquerda) ao lado do presidente da Venezuela, Nicolás Maduro, em Caracas 05/03/2018 REUTERS/Marco Bello

WASHINGTON (Reuters) - Os Estados Unidos impuseram sanções nesta quinta-feira a Raúl Castro e filhos dele, em uma nova medida para pressionar seu inimigo de longa data por apoiar o governo de Nicolás Maduro na Venezuela.

“Como primeiro secretário das Forças Armadas de Cuba, Castro é responsável pelas ações de Cuba para sustentar o ex-regime de Maduro na Venezuela por meio de violência, intimidação e repressão”, disse o secretário de Estado norte-americano, Mike Pompeo, em comunicado, reiterando a posição do governo Trump de que Maduro é ilegítimo.

“Em conjunto com os oficiais militares e de inteligência de Maduro, membros das forças de segurança cubanas se envolveram em graves violações e abusos dos direitos humanos na Venezuela, incluindo tortura”, acrescentou.

Reportagem de Lisa Lambert

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below