September 28, 2019 / 5:13 PM / 16 days ago

Polícia impõe restrições na Caxemira indiana após discurso de premiê paquistanês

SRINAGAR, Índia (Reuters) - Autoridades da Caxemira indiana reforçaram restrições a movimentos populares neste sábado para evitar possíveis protestos após um discurso do primeiro-ministro paquistanês, Imran Khan.

Em discurso na Assembleia Geral das Nações Unidas na sexta-feira, Khan alertou para um banho de sangue quando a Índia suspender suas restrições na Caxemira, que estão em vigor desde que revogou a autonomia de décadas da região em agosto e deteve milhares de pessoas.

Logo após o discurso, centenas de caxemires saíram de suas casas, gritando palavras de ordem em apoio a Khan na noite de sexta-feira e pedindo a independência da Caxemira.

A Caxemira, de maioria muçulmana, tem sido um ponto de tensão entre Índia e Paquistão —ambos com posse de armas nucleares—, que travaram duas de suas três guerras pelo território dividido. Ambos os países governam partes da Caxemira enquanto a reivindicam por completo.

Neste sábado, vans da polícia equipadas com alto-falantes fizeram anúncios ao público em algumas partes de Srinagar sobre restrições de movimento, enquanto tropas adicionais foram enviadas para impedir protestos, segundo autoridades e duas testemunhas.

As tropas também bloquearam com arame farpado o acesso ao principal centro comercial de Srinagar.

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below