October 2, 2019 / 10:06 PM / 16 days ago

UE elogia progresso em propostas do Brexit mas afirma ainda haver grandes lacunas

BRUXELAS (Reuters) - A União Europeia elogiou nesta quarta-feira como um passo adiante as propostas mais recentes do primeiro-ministro britânico, Boris Johnson, de desbloquear um acordo do Brexit antes da saída do Reino Unido do bloco, em 31 de outubro, mas deixou claro que grandes lacunas ainda precisam ser fechadas para assegurar um acordo a tempo.

Chefe-executivo da União Europeia, Jean-Claude Juncker, participa de conferência em Bruxelas 27/09/2019 REUTERS/Francois Lenoir

Duas semanas antes de uma importante cúpula de líderes da UE, em 17 e 18 de outubro, Johnson realizou teleconferência com o chefe-executivo do bloco, Jean-Claude Juncker, conforme seu negociador para o Brexit entregou suas propostas na sede da UE, em Bruxelas.

“O presidente Juncker elogiou a determinação do primeiro-ministro Johnson de avançar com conversas antes do Conselho Europeu de outubro e de alcançar progresso em direção a um acordo”, afirmou a comissão em comunicado após a teleconferência. 

“Ele reconheceu os avanços positivos… No entanto, o presidente também destacou que ainda há alguns pontos problemáticos que irão demandar trabalho adicional nos próximos dias”. 

Isso marca uma mudança de tom da UE após semanas de viagens de negociadores britânicos a Bruxelas apenas para terem suas ideias rejeitadas pelo bloco. Segundo o bloco, as ideias estavam longe do necessário para substituir o controverso “backstop irlandês”. 

O mecanismo, uma política de seguro para evitar, após o Brexit, um retorno a controles fronteiriços entre a província britânica da Irlanda do Norte e a Irlanda, membro da UE, é um grande obstáculo para assegurar um acordo. 

A UE também destacou que diferenças consideráveis ainda permanecem, especialmente sobre acordos aduaneiros propostos para após o Brexit.

“Há progresso, mas para ser franco, ainda há muito trabalho a ser feito para cumprir os três objetivos do backstop: nenhuma fronteira, uma economia de toda a Irlanda e proteção do mercado comum”, disse o negociador da UE para o Brexit, Michel Barnier, a repórteres. 

“Iremos continuar trabalhando, trabalhando para alcançar um acordo. Não ter acordo nunca será a escolha da UE, nunca. Nós iremos continuar trabalhando com a equipe do Reino Unido”. 

Negociadores britânicos devem viajar a Bruxelas novamente mais tarde nesta semana.

As apostas estão aumentando antes da cúpula de outubro, na qual Johnson espera assegurar um novo acordo e tirar seu país do bloco duas semanas depois. Ele prometeu deixar o bloco em 31 de outubro -com ou sem um acordo de saída.

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below