October 8, 2019 / 5:24 PM / in 9 days

UE pede que Johnson pare com jogo idiota sobre culpados em relação ao Brexit

LONDRES/BRUXELAS (Reuters) - A União Europeia acusou nesta terça-feira o Reino Unido de um jogo idiota sobre culpados em relação ao Brexit depois que uma fonte de Downing Street disse que um acordo é essencialmente impossível porque a chanceler da Alemanha, Angela Merkel, fez exigências inaceitáveis.

Johnson e Merkel dão entrevista coletiva em Berlim, em agosto 21/08/2019 REUTERS/Fabrizio Bensch

Faltando somente 23 dias para o Reino Unido deixar o bloco, o futuro do Brexit continua profundamente incerto, já que Londres e Bruxelas se posicionaram para evitar a culpa por um adiamento ou um caótico Brexit sem acordo.

    Como sinal de que as propostas de última hora de Johnson para superar o impasse do Brexit fracassaram, uma fonte de Downing Street disse que Merkel e Johnson conversaram na manhã desta terça-feira e que ela deixou claro que um acordo é “altamente improvável”.

    A fonte disse que, se a posição de Merkel quanto à permanência da Irlanda do Norte na união alfandegária da UE for a posição do bloco, um acordo é inviável.  

    “Se isso representa uma nova posição estabelecida, significa que um acordo é essencialmente impossível não só agora, mas sempre”, disse a fonte de Downing Street.

    Um porta-voz da chanceler alemã confirmou que o telefonema aconteceu, mas não quis fazer comentários.

    A UE foi áspera.

    “Boris Johnson, o que está em jogo não é vencer uma troca de acusações idiota”, disse o presidente do Conselho Europeu, Donald Tusk, no Twitter. “O que está em jogo é o futuro da Europa e do Reino Unido, além da segurança e os interesses de nosso povo. Você não quer um acordo, não quer um adiamento, não quer revogar, quo vadis?”

    Comentários tão abruptos indicam que a disputa sobre culpa em torno do desfecho do Brexit começou com força, e que agora tanto Londres quanto as capitais europeia se preparam para uma ruptura amarga e potencialmente caótica pela qual nenhuma das partes quer ser responsabilizada.

    O porta-voz de Johnson disse que o líder britânico e Merkel tiveram uma conversa franca e que o Reino Unido não viu nenhuma concessão da UE. Ele ainda disse que as conversas estão no ponto crítico e que não é o Reino Unido que está falando em quem é o culpado.

    O Partido Trabalhista, de oposição, disse que o premiê está tentando apontar um culpado antes de uma separação sem acordo. Um Brexit caótico pode dividir o Reino Unido, ameaçar a paz na Irlanda do Norte, prejudicar o crescimento global e moldar o futuro da UE.

    (Reportagem adicional de John Chalmers)

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below