October 22, 2019 / 11:35 AM / 21 days ago

Trudeau se mantém no poder no Canadá, mas terá governo de minoria

OTTAWA (Reuters) - O primeiro-ministro do Canadá, Justin Trudeau, se manteve no poder após uma eleição na segunda-feira que deixou seu governo em minoria, mas aliados previram que ele conseguirá comandar o país durante dois anos sem muitos problemas.

Premiê canadense, Justin Trudeau, e a mulher, Sophie Gregoire, comemoram resultado de eleição federal 22/10/2019 REUTERS/Carlo Allegri

Trudeau, um dos políticos progressistas mais proeminentes do mundo, teve dificuldade para superar os efeitos de dois escândalos, e seus liberais conquistaram no total 156 cadeiras no Parlamento, uma redução de 21, segundo resultados preliminares.

Agora ele parece encaminhado para governar com o Novo Partido Democrático (NDP), de inclinação de esquerda, que têm 24 assentos. Juntos, os dois partidos podem acumular uma maioria de 180 assentos na Câmara dos Comuns de 338 vagas.

É raro governos de minoria durarem mais de dois anos e meio no Canadá. Embora o NDP tenha perdido 16 assentos, o líder Jagmeet Singh está bem posicionado para pressionar por ações em prioridades como mais gasto social e mais medidas de combate à mudança climática.

Um liberal veterano também ressaltou que muitos parlamentares precisam servir por mais dois anos para cumprir a exigência de seis anos para ter direito a uma pensão de parlamentar.

“Isso nos dá bastante liberdade de movimento nesse período”, disse o liberal, que pediu anonimato devido à delicadeza do tema. Indagado se Trudeau procurará Singh logo, ele respondeu: “Veremos”.

O NDP firmou acordos para ajudar a manter governos liberais de minoria no poder entre 1972 e 1974 e em 2005.

O dólar canadense se manteve perto de uma alta de três meses, mas alguns investidores receiam as implicações fiscais da influência de Singh na formulação de políticas.

Trudeau mal falou da perda de sua maioria, dizendo aos seus apoiadores que tem um “mandato claro” para impulsionar uma agenda progressista e mais ações de combate ao aquecimento global.

Isso dificilmente agradará as províncias de Alberta e Saskatchewan, no oeste, que descartaram todos os parlamentares liberais devido à revolta com o que a indústria de energia vê como regras ambientais rígidas demais.

A vítima mais destacada foi o ministro da Segurança Pública, Ralph Goodale, um dos principais nomes do gabinete de Trudeau.

A eleição também decepcionou Andrew Scheer, líder dos conservadores de oposição, que ambicionava uma maioria. O partido venceu a votação popular, mas só ganhou 25 assentos, encerrando a noite com 122.

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below