November 9, 2019 / 5:48 PM / 2 days ago

Irã consegue enriquecer urânio até 60%, diz porta-voz de agência de energia atômica

(Reuters) - O Irã tem a capacidade de enriquecer urânio até 60%, disse um porta-voz da Organização de Energia Atômica do Irã (AEOI, sigla em inglês), neste sábado, muito mais do que é necessário para a maioria dos usos civis, mas menos do que o patamar de 90% exigido para produzir combustível de bomba nuclear.

“A organização tem a possibilidade de produzir 5%, 20% e 60%, e tem essa capacidade”, disse o porta-voz da AEOI, Behrouz Kamalvandi, durante uma entrevista coletiva na usina nuclear subterrânea Fordow, segundo a agência de notícias oficial IRIB.

“No momento, a necessidade é de 5%”, acrescentou.

A maior autoridade política do Irã, o aiatolá Ali Khamenei, disse mês passado que a República Islâmica nunca buscou a construção ou o uso de armas nucleares, o que sua religião proíbe.

O Irã disse na quinta-feira que havia retomado o enriquecimento de urânio na usina de Fordow, afastando-se ainda mais do acordo nuclear de 2015 firmado com potências mundiais, após os Estados Unidos terem se retirado dele.

O pacto proíbe a produção de material nuclear em Fordow, um local altamente sensível e que o Irã escondeu de inspetores da ONU até sua exposição em 2009.

Inspetores da Agência Internacional de Energia Atômica (AIEA) visitarão Fordow no domingo, disse Kamalvandi.

Por Babak Dehghanpisheh

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below