November 29, 2019 / 8:02 PM / 7 days ago

STJ revoga ordem de prisão preventiva contra ex-presidente paraguaio Cartes

BRASÍLIA (Reuters) - O ministro Rogério Schietti Cruz, do Superior Tribunal de Justiça (STJ), concedeu um habeas corpus nesta sexta-feira para revogar a ordem de prisão preventiva expedida contra o ex-presidente do Paraguai Horacio Cartes no âmbito de uma investigação da operação Lava Jato no Rio de Janeiro, informou o tribunal.

A Justiça Federal do Rio havia determinado, no dia 19, a prisão preventiva de Cartes sob a suspeita de que o ex-presidente teria ajudado o doleiro Dario Messer, conhecido como “doleiro dos doleiros”, a se manter foragido no Paraguai antes de ser preso em julho deste ano em São Paulo, e há suspeitas de que ambos seriam sócios no país vizinho, de acordo com os investigadores da Lava Jato.

A íntegra da decisão do ministro do STJ, que revoga a prisão de Cartes, não foi divulgada. O ex-presidente Cartes se encontra no Paraguai, e disse nesta semana que está aberto a uma investigação de promotores do Paraguai sobre o caso.

Cartes, de 63 anos, é considerado um dos homens mais ricos do Paraguai e mantém influência política. Durante seu mandato ele também fez mudanças no Judiciário do país, incluindo a nomeação do atual chefe da Procuradoria-Geral do país.

Por Ricardo Brito

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below