December 18, 2019 / 8:16 PM / a month ago

Milhares de poloneses protestam contra reformais judiciais

Manifestantes protestam contra reformas judiciais em Varsóvia 18/12/2019 Slawomir Kaminski/Agencja Gazeta via REUTERS

VARSÓVIA (Reuters) - Milhares se reuniram em cidades de toda a Polônia nesta quarta-feira para protestar contra uma proposta dos nacionalistas governistas que permitiria que juízes fosse demitidos se questionarem a legitimidade das reformas judiciais do governo.

O Partido Lei e Justiça (PiS), a sigla governante da Polônia, prometeu continuar reformando o sistema de Justiça depois que venceu uma eleição em outubro – o que o colocou em rota de colisão com a União Europeia, que argumenta que as reformas violam a lei do bloco e a Constituição polonesa.

O PiS diz que suas reformas são necessárias para tornar o sistema judicial mais eficiente.

Vários milhares de pessoas se reuniram diante do Parlamento em Varsóvia, onde manifestantes gritavam “Tribunais livres!” e “Venceremos” acenando com bandeiras polonesas.

“Um tribunal escravizado leva a uma nação escravizada... vi como os mecanismos comunistas funcionam e não quero uma repetição. Também é meu país, não só do governo dirigente”, disse Ewa Karbowska, de 59 anos, no protesto realizado na capital.

Os manifestantes também se concentraram nas cidades de Breslávia, Torun, Poznan, Szczecin, Katowice e Bialystok, entre outras, portando bandeiras da UE. Algumas usavam fitas sobre a boca com os dizeres “Hoje os juízes, amanhã nós”, de acordo com a emissora particular TVN.

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below