December 25, 2019 / 6:52 PM / a month ago

Aeroporto de São Petersburgo deve receber Ryanair e outras companhias de baixo custo em 2020

Boeing 737 da Ryanair. REUTERS/Ints Kalnins/File Photo

MOSCOU (Reuters) - A companhia aérea Ryanair e outras de baixo custo devem começar a voar do aeroporto de São Petersburgo, na Rússia, em 2020, disse o Ministério do Transporte. 

A medida faz parte do plano da Rússia para aumentar o fluxo de turistas para São Petersburgo e significará mais competição para companhias russas, incluindo a nacional Aeroflot. 

O ministério disse, na terça-feira, que Ryanair, EasyJet, WizzAir, Volotea, Air Baltic e Fly One expressaram interesse em voos que partem do aeroporto de Pulkovo, em São Petersburgo, o quarto maior depois dos três grandes de Moscou. 

Disse que companhias solicitaram voos de Pulkovo, cujo código na Associação Internacional de Transporte Aéreo é LED, para 22 países, incluindo Reino Unido, Alemanha e França.

A Rússia introduzirá um regime chamado de “Céus Abertos” para as empresas por cinco anos, disse o ministério, permitindo que as linhas aéreas voem para São Petersburgo sem a necessidade dos tradicionais acordos bilaterais entre governos. 

A medida chega depois da introdução de um sistema especial de vistos eletrônicos para turistas visitando São Petersburgo, que está disponível para cidadãos de 53 países. 

Reportagem de Gleb Stolyarov

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below