January 1, 2020 / 8:07 PM / 6 months ago

Mais de 20 mortos e muitos desalojados após violência em Darfur Ocidental, Sudão

CARTUM (Reuters) - Pelo menos 24 pessoas foram mortas depois de um acampamento para refugiados ser atacado em Darfur Ocidental, oeste do Sudão, afirmou um oficial de uma missão de paz internacional nesta quarta-feira, enquanto autoridades de alto escalão chegaram ao local para tentar acalmar a violência.

O acampamento Krinding, pouco ao leste da capital do Estado, el-Geneina, foi atacado entre 29 e 30 de dezembro, após uma disputa entre grupos étnicos árabes e africanos, afirmou Ashraf Eissa, porta-voz da Unamid, missão de paz conjunta da União Africana e das Nações Unidas em Darfur.

“O povo tribal árabe chegou ao acampamento e começou a atirar e matar e queimar”, disse.

“Depois parentes foram ao hospital e ameaçaram os funcionários com armas e destruíram o banco de sangue… e, quando um policial do Sudão tentou intervir, ele foi morto a tiros.”

Mediar a paz em Darfur e outras partes do Sudão é um dos principais desafios das autoridades militares e civis que dividem o poder, depois da derrubada do antigo presidente Omar al-Bashir, em abril.

O conflito começou em Darfur em 2003 após insurgentes majoritariamente não-árabes se rebelarem contra Cartum. Até 300 mil pessoas foram mortas e 2,5 milhões deslocadas, incluindo mais de 180 mil refugiados em Darfur Ocidental, segundo estimativas da ONU.

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below