January 10, 2020 / 12:33 PM / 5 months ago

Principal clérigo do Iraque critica confrontação entre EUA e Irã em solo iraquiano

Dano em base aérea iraquiana que abriga tropas norte-americanas, em imagem de satélite 08/01/2020 Planet/Divulgação via REUTERS

BAGDÁ (Reuters) - O principal clérigo xiita do Iraque criticou os ataques mútuos de Estados Unidos e Irã em solo iraquiano e alertou para a deterioração da segurança no país e na região como um todo em resultado do impasse entre Washington e Teerã.

Os EUA mataram o importante comandante militar iraniano Qassem Soleimani em um ataque aéreo perto do aeroporto de Bagdá em 3 de janeiro. O Irã reagiu na noite de terça-feira, lançando mísseis contra forças lideradas pelos EUA no Iraque.

Foi a escalada das tensões mais séria entre os EUA e o Irã, que provocou temores de um conflito de larga escala entre os dois inimigos no Oriente Médio.

O grande aitolá Ali al-Sistani disse que os ataques foram uma violação de soberania e que nenhuma potência estrangeira deveria ter permissão de decidir o destino do Iraque.

Sistani enviou sua mensagem por meio de um representante, que a transmitiu durante uma oração nesta sexta-feira na cidade sagrada de Kerbala.

“O uso de métodos extremos por parte de lados diferentes que possuem poder e influência... só enraizará a crise e impedirá uma solução”, disse o representante.

“Os perigosos atos agressivos mais recentes, que são violações repetidas da soberania iraquiana, são parte da situação em deterioração” na região, disse.

Por John Davison e Aziz El Yaakoubi

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below