January 10, 2020 / 5:39 PM / 16 days ago

Promotores libaneses pretendem interrogar esposa de Ghosn

Carole Ghosn, mulher de Carlos Ghosn, durante entrevista coletiva do ex-presidente da Nissan em Beirute 08/01/2020 REUTERS/Mohamed Azakir

BEIRUTE (Reuters) - A esposa do ex-presidente da Nissan Carlos Ghosn, Carole, será interrogada por promotores libaneses quando as autoridades receberem uma notificação da Interpol, disse o ministro da Justiça interino do Líbano, Albert Serhan, em comunicado nesta sexta-feira.

“Carole estará sujeita aos mesmos procedimentos que foram feitos (com Ghosn) quando o alerta vermelho for recebido da Interpol”, disse o comunicado.

O ministro disse ainda que a proibição de viagens imposta a Ghosn será revogada em 40 dias se arquivos sobre o caso envolvendo o ex-executivo não forem enviados pelo Japão neste período.

Reportagem de Hoda Monem

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below