for-phone-onlyfor-tablet-portrait-upfor-tablet-landscape-upfor-desktop-upfor-wide-desktop-up

Greta rebate comentário de secretário do Tesouro dos EUA

DAVOS, Suíça (Reuters) - O secretário de Tesouro dos Estados Unidos, Steven Mnuchin, disse à ativista do clima Greta Thunberg, nesta quinta-feira, que ela deveria estudar economia, o que levou a adolescente sueca a responder que não precisa de um diploma para saber que o mundo não está cumprindo suas metas climáticas.

Jovem ativista Greta Thunberg no Fórum Econômico Mundial em Davos 21/01/2020 REUTERS/Denis Balibouse

Indagado sobre pedidos anteriores de Greta para que o mundo abandone os combustíveis fósseis, Mnuchin disse em entrevista coletiva em Davos: “Ela é economista-chefe? Estou confuso... Depois que ela estudar economia na universidade, ela pode voltar e explicar isso para nós”.

Os comentários de Mnuchin ocorreram dois dias depois de o presidente dos EUA, Donald Trump, e Greta trocarem farpas indiretamente no Fórum Econômico Mundial, realizado em Davos, na Suíça. Depois de Trump dizer que os Estados Unidos se comprometeram a participar de uma iniciativa para plantar 1 trilhão de árvores, Greta respondeu que resolver a crise climática não é somente sobre árvores.

Greta, que ficou um ano fora da escola para se dedicar a seu ativismo sobre a mudança climática, rebateu no Twitter, afirmando que não precisa de um diploma para saber que o mundo não está cumprindo suas metas climáticas.

“Então ou você nos diz como conseguir essa mitigação ou explique às próximas gerações e aos que já estão sendo afetados pela emergência climática por que devemos abandonar nossos compromissos climáticos”, disse Greta após discursar para um painel lotado em Davos, onde ela tem sido uma das estrelas.

Antes de deixar Davos, Trump pareceu fazer um gesto de paz, afirmando que gostaria de ter visto o discurso de Greta.

Mnuchin disse que a posição do governo Trump sobre o clima e as críticas de Greta foram “mal interpretadas”.

“Houve realmente uma má interpretação da política dos EUA. Deixe-me ser bem claro: o presidente Trump acredita absolutamente no ar limpo, na água limpa a em ter um meio ambiente limpo”.

Posteriormente, o secretário de Tesouro disse à emissora CNBC que ele não acredita que há apenas uns poucos anos para evitar uma catástrofe climática.

“Há uma série de outras questões importantes” ameaçando a civilização, disse ele, citando temas de saúde e a proliferação nuclear.

“Os jovens precisam entender: o clima é uma questão que precisa ser colocada em contexto com várias outras coisas.”

for-phone-onlyfor-tablet-portrait-upfor-tablet-landscape-upfor-desktop-upfor-wide-desktop-up