for-phone-onlyfor-tablet-portrait-upfor-tablet-landscape-upfor-desktop-upfor-wide-desktop-up

Morre juiz argentino que processou Cristina Kirchner

Juiz federal argentino Claudio Bonadio deixa tribunal em Buenos Aires 04/05/2015 REUTERS/Agustin Marcarian

BUENOS AIRES (Reuters) - O poderoso juiz federal da Argentina Claudio Bonadio que liderou várias ações contra a atual vice-presidente e ex-presidente Cristina Kirchner, morreu nesta terça-feira em Buenos Aires, disse uma porta-voz de seu tribunal.

O juiz, de 64 anos, processou Cristina em vários casos por corrupção durante seus mandatos consecutivos de 2007 a 2015 e também a acusou de encobrir os autores de um atentado fatal a um centro comunitário judeu décadas atrás.

Cristina disse que foi alvo de perseguição judicial com intenção política. No final do ano passado, ela assumiu a Vice-Presidência ao lado do novo presidente Alberto Fernández.

A morte de Bonadio, que passou por uma cirurgia no ano passado, levanta questões sobre o que acontecerá com as investigações em andamento sobre Cristina nas quais ele esteve envolvido.

A porta-voz não divulgou a causa exata da morte de Bonadio. “Até dezembro, ele estava trabalhando perfeitamente”, disse a porta-voz, acrescentando que o juiz não voltou ao trabalho depois de tirar férias em janeiro.

for-phone-onlyfor-tablet-portrait-upfor-tablet-landscape-upfor-desktop-upfor-wide-desktop-up