for-phone-onlyfor-tablet-portrait-upfor-tablet-landscape-upfor-desktop-upfor-wide-desktop-up

Biden promete manter rumo da candidatura após “soco no estômago” em Iowa

Biden fala durante campanha em Somersworth, New Hampshire 5/2/2020 REUTERS/Rick Wilking

SOMERSWORTH, Estados Unidos (Reuters) - O ex-vice-presidente dos Estados Unidos Joe Biden prometeu nesta quarta-feira continuar lutando pela nomeação presidencial democrata, apesar do que chamou de “soco no estômago” recebido na prévia de Iowa, onde resultados parciais mostraram o político veterano em quarto lugar.

“Não vou disfarçar: levamos um soco no estômago em Iowa. Todo o processo foi um soco no estômago”, disse Biden em Somersworth, New Hampshire, onde fazia campanha. “Esta não é a primeira vez na minha vida que sou derrubado.”

Com dados de cerca de 71% dos distritos sobre o caucus de segunda-feira, Biden estava atrás de Pete Buttigieg e dos senadores Bernie Sanders e Elizabeth Warren na primeira disputa pela nomeação da campanha de 2020 que culmina nas eleições de 3 de novembro.

Biden, que se apresenta como o candidato democrata com mais chances de derrotar o presidente republicano Donald Trump, liderou muitas pesquisas nacionais antes de Iowa e tem uma série de apoios de alto escalão.

Mas a campanha dele está com problemas.

“Há muitas pessoas desagradáveis por aí que depreciaram esta campanha... Eles tentam fazer isso desde o momento em que entrei na corrida. Bem, tenho novidades para eles. Não vou a lugar algum”, disse Biden.

Em um discurso incomumente direto, Biden mirou em Sanders e Buttigieg, ex-prefeito de South Bend, Indiana, conforme tenta se recuperar antes das primárias do Estado de New Hampshire, na próxima terça-feira.

Biden, de 77 anos, disse que todos os democratas que concorrem à Câmara dos Deputados ou ao Senado este ano levarão o rótulo de “socialista”, caso Sanders se torne o candidato democrata. Independente, Sanders se classifica como socialista democrático.

Buttigieg mantinha uma liderança estreita sobre Sanders no caucus de Iowa, de acordo com resultados parciais. Problemas com um aplicativo usado para a contagem de votos atrasaram a divulgação do resultado final. Warren, de 70 anos, estava em terceiro.

for-phone-onlyfor-tablet-portrait-upfor-tablet-landscape-upfor-desktop-upfor-wide-desktop-up