for-phone-onlyfor-tablet-portrait-upfor-tablet-landscape-upfor-desktop-upfor-wide-desktop-up

Ao menos 17 morrem em tiroteio na Tailândia, diz polícia

BANGCOC (Reuters) - Pelo menos 17 pessoas foram mortas e 21 ficaram feridas quando um soldado disparou na cidade de Nakhon Ratchasima, na Tailândia, disse o porta-voz da polícia Kissana Phathanacharoen em mensagem a repórteres.

O atirador ainda está à solta em um shopping da cidade, disseram a polícia e autoridades locais.

Uma autoridade do Escritório de Prevenção e Mitigação de Desastres na cidade disse que estão confirmadas pelo menos 13 mortes e esse número pode aumentar. Uma autoridade de um serviço de ambulância disse que o número de mortos pode chegar a 20.

“Não sabemos por que ele fez isso. Parece que ele enlouqueceu”, disse o porta-voz do Ministério da Defesa Kongcheep Tantrawanit.

A polícia identificou o suspeito como Jakrapanth Thomma. Ele havia publicado em sua conta no Facebook mais cedo neste sábado que “a morte é inevitável para todos”. Ele também publicou uma foto do que parece ser sua mão segurando uma pistola.

Em um dado momento, depois que o tiroteio já tinha começado, o suspeito publicou: “devo desistir?”, antes de sua conta ficar inacessível.

O soldado abriu fogo em vários locais da cidade, que fica a mais de 250 quilômetros da capital Bangcoc, disse o porta-voz da polícia.

O atirador ainda está no shopping Century 21 e ainda não foi preso, disse a polícia.

Reportagem de Panarat Thepgumpanat

for-phone-onlyfor-tablet-portrait-upfor-tablet-landscape-upfor-desktop-upfor-wide-desktop-up