February 10, 2020 / 9:45 PM / 4 months ago

Klobuchar diz "sentir arrancada" em New Hampshire; Sanders ainda é favorito

KEENE/NASHUA, Estados Unidos (Reuters) - Os pré-candidatos presidenciais democratas Bernie Sanders e Pete Buttigieg concluíram suas apresentações aos eleitores do Estado norte-americano de New Hampshire como os mais bem colocados nesta segunda-feira, mas a senadora Amy Klobuchar ganhou terreno.

Senadora Amy Klobuchar fala em evento de campanha em New Hampshire 10/02/2020 REUTERS/Kevin Lamarque

Buttigieg e Sanders, que emergiram como primeiro e segundo em número de delegados na primeira disputa pela nomeação do partido na semana passada no Iowa, enfrentam oito rivais na votação de terça-feira em New Hampshire —incluindo Klobuchar, que apareceu no terceiro lugar em duas pesquisas.

O homem que todos querem enfrentar na eleição de novembro, o presidente republicano Donald Trump, tentará atrair os holofotes da nação com seu próprio comício de campanha na noite desta segunda-feira em Manchester.

O grande número de postulantes democratas e a variação das pesquisas tornam o resultado da disputa de New Hampshire imprevisível, disse Ray Buckley, presidente do Partido Democrata do Estado.

“Esta corrida pode ser de qualquer um”, disse Buckley a repórteres na terça-feira. “Isso torna estas horas finais ainda mais empolgantes.”

Uma eleitora indecisa, Stacy Sand, de 65 anos, apareceu para ver a senadora norte-americana Elizabeth Warren, mas permaneceu dividida entre ela e Klobuchar.

“Posso decidir só enquanto estiver indo na direção da urna”, disse Sand.

Sanders, de 78 anos, um progressista convicto que representa o vizinho Vermont no Senado dos EUA, lidera as enquetes há tempos em New Hampshire, mas Buttigieg, moderado e veterano militar de 38 anos que cumpriu dois mandatos como prefeito de South Bend, em Indiana, cresceu desde a votação no Iowa.

Em Plymouth, Buttigieg tentou cortejar os eleitores indecisos, referindo-se aos “futuros ex-republicanos” que disse serem mais do que bem-vindos a apoiar sua campanha.

“É hora da decisão”, disse Buttigieg. Ele deu uma cutucada em Sanders, dizendo que o autointitulado socialista democrata terá dificuldade para atrair o eleitorado moderado.

“Sabendo o quanto depende de unir os americanos, não podemos correr o risco de alienar os americanos neste momento crítico”, disse ele. “E é aí que me separo do meu amigo senador Sanders”.

Em outro evento, Sanders dirigiu seus ataques a Trump.

“Sei que nem todos concordam com tudo que eu digo, mas acho que aquilo em que podemos concordar é que não podemos continuar tendo um presidente que é um mentiroso patológico”, disse Sanders a uma multidão em um clube esportivo de Manchester.

Sanders solicitou formalmente ao Partido Democrata de Iowa que reconte alguns dos resultados do caucus da semana passada no Estado, citando 28 distritos em que sua equipe de campanha acredita que ele teria tido mais delegados

Um par de sondagens divulgadas na noite de domingo e na manhã desta segunda-feira mostraram Klobuchar chegando à terceira colocação, atrás de Sanders e Buttigieg, na esteira do debate partidário no Estado da Nova Inglaterra na sexta-feira.

“Estamos sentindo a arrancada, para mim era questão de tempo”, disse ela, observando que visitou New Hampshire 23 vezes desde que entrou na corrida presidencial um ano atrás.

Uma pesquisa do Boston Globe, realizada com a Universidade de Suffolk e WBZ-TV, mostrou Sanders com 27%, Buttigieg com 19% e Klobuchar com 14% entre 500 prováveis eleitores entrevistados no fim de semana em New Hampshire. A pesquisa tinha uma margem de erro de mais ou menos 4 pontos percentuais.

Uma pesquisa separada da WHDH/ Emerson College também mostrou Klobuchar em terceiro.

Klobuchar subiu depois que o ex-vice-presidente Joe Biden, um colega moderado, tropeçou em Iowa e tem mostrado um desempenho desigual em New Hampshire.

Na segunda-feira, Biden desviou sua atenção de seus rivais democratas e se voltou diretamente a Trump.

Falando diante de pouco menos de 100 pessoas em Gilford, Biden tentou algumas novas linhas de ataque, argumentando que Trump estava se beneficiando das políticas econômicas implementadas por seu antecessor democrata, Barack Obama, e não merecia crédito pela robusta economia norte-americana.

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below