February 12, 2020 / 2:08 PM / in 5 months

Grupo ambientalista planeja enviar manifestantes "como mosquitos" a protesto em Londres

Ativistas do grupo Rebelião contra a Extinção em acampamento em Harefield, no Reino Unido 22/01/2020 REUTERS/Henry Nicholls

LONDRES (Reuters) - O grupo de ativistas ambientais Rebelião contra a Extinção planeja enviar manifestantes como enxames de mosquitos para atrapalhar empresas financeiras, de contabilidade e de mídia em Londres neste ano para mobilizar um apoio popular mais amplo para ações transformadoras contra a mudança climática.

O objetivo é estimular um diálogo mundial sobre como realizar a transição para uma sociedade de baixo carbono a tempo de evitar os impactos mais catastróficos, disse Gail Bradbrook, cofundador do movimento, que tem PhD em biofísica molecular.

“Seremos como enxames de mosquitos chegando a Londres – a meta é transtornar o sistema, não o público”, disse Bradbrook à Reuters antes da publicação de um documento sobre a estratégia da Rebelião contra a Extinção nesta quarta-feira.

O Rebelião contra a Extinção, assim como um movimento de “nova economia” de economistas, acadêmicos e cientistas, argumenta que o foco incansável no crescimento econômico cada vez mais acelerado está levando os ecossistemas do mundo à beira do colapso.

“O sistema econômico está agindo como um câncer na humanidade”, afirmou Bradbrook. “O sistema regulatório, os contadores, os escritórios de advocacia apoiam a metástase deste câncer.”

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below