February 18, 2020 / 8:53 PM / 3 months ago

Trump concede perdão a ex-proprietário do time San Francisco 49ers

WASHINGTON (Reuters) - O presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, concedeu um perdão a Eddie DeBartolo Jr., ex-proprietário do time de futebol americano San Francisco 49ers, disse um porta-voz da Casa Branca nesta terça-feira.

Em 1998, DeBartolo Jr. se declarou culpado de não comunicar que Edwin Edwards, um ex-governador da Louisiana, lhe extorquiu 400 mil dólares para obter uma licença para um barco-cassino, noticiou o jornal San Francisco Chronicle à época.

Ele escapou da prisão, mas concordou em pagar penalidades de 1 milhão de dólares, cumpriu dois anos de condicional e depôs nos julgamentos do ex-governador e do filho deste, relatou o Chronicle.

DeBartolo Jr., cujo time conquistou cinco títulos do Super Bowl enquanto ele foi proprietário, foi eleito para o Hall da Fama Pro Football em 2016.

Edwards foi condenado por extorsão em 2000 devido à concessão das licenças do cassino.

Trump vem desfrutando visivelmente de seu poder de emitir perdões presidenciais. Ele perdoou o falecido boxeador Jack Johnson, o ex-xerife do condado do Arizon Joe Arpaio e ao ex-assessor da Casa Branca Lewis “Scooter” Libby, entre outros.

O presidente dos Estados Unidos também causou espanto ao dizer que poderia perdoar a si mesmo e se recusou a descartar publicamente perdões a alguns de seus sócios condenados a penas de prisão decorrentes do inquérito do procurador especial Robert Mueller a respeito da interferência russa na eleição de 2016.

Por Makini Brice e Jeff Mason

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below