for-phone-onlyfor-tablet-portrait-upfor-tablet-landscape-upfor-desktop-upfor-wide-desktop-up

Laboratórios militares dos EUA estão trabalhando para desenvolver vacina para coronavírus, diz general

General Mark Milley 29/12/2019 REUTERS/Tom Brenner

WASHINGTON (Reuters) - Laboratórios militares dos Estados Unidos estão trabalhando para desenvolver uma vacina para o coronavírus, disse o chefe do Estado-Maior Conjunto nesta segunda-feira.

“De fato, os laboratórios militares estão trabalhando de maneira muito consistente, não apenas na vacina, mas em todo tipo de coisa”, disse o general Mark Milley em um briefing do Pentágono. “Então, vamos ver como isso se desenvolve nos próximos meses.”

As principais autoridades de saúde dos EUA disseram que uma vacina deve ficar pronta dentro de 18 meses e não há tratamento para a doença respiratória, embora os pacientes possam receber cuidados de apoio.

Equipamentos de proteção e kits de teste estão sendo distribuídos para instalações militares dos EUA, com prioridade para as localizadas na Península Coreana, disse Milley. A Coreia do Sul registrou 599 novos casos nesta segunda-feira, elevando sua contagem nacional para 4.335. O país já registrou 26 mortes.

O número de casos de coronavírus nos Estados Unidos aumentou nos últimos dias, com mais de 75 casos confirmados, incluindo duas mortes.

Autoridades dos Estados Unidos estão se preparando para mais casos da doença causada pelo coronavírus, com ênfase no aumento do número de kits de teste disponíveis.

Por Idrees Ali, Phil Stewart e Doina Chiacu

for-phone-onlyfor-tablet-portrait-upfor-tablet-landscape-upfor-desktop-upfor-wide-desktop-up