March 10, 2020 / 1:51 PM / 20 days ago

Biden espera grande vitória no Michigan, e Sanders busca fôlego para continuar na disputa

Pré-candidato presidencial democrata dos EUA Joe Biden durante ato de campanha em Detroit 10/03/2019 REUTERS/Brendan McDermid

DETROIT (Reuters) - Joe Biden torce para dar um grande passo adiante na corrida pela indicação presidencial democrata dos Estados Unidos nesta terça-feira, quando seis Estados irão votar nas primárias, enquanto Bernie Sanders busca uma vitória improvável no Michigan que manteria viva sua esperança de conquistar a Casa Branca.

Biden, que conquistou a posição de favorito democrata com uma série abrangente de triunfos nas disputas da Super Terça da semana passada pela indicação do partido, pode obter uma vantagem considerável na corrida que decidirá o desafiante do presidente Donald Trump, um republicano, com mais uma rodada de vitórias decisivas.

O maior embate entre Biden e Sanders acontecerá no Michigan, um campo de batalha político onde Sanders surpreendeu ao derrotar Hillary Clinton em 2016 e provocar uma longa batalha pela indicação — algo que Biden espera evitar desta vez.

Com 125 delegados, o Michigan é o grande prêmio dos seis Estados que votam nesta terça-feira, quando um total de 352 dos delegados que irão à convenção democrata de julho para decidir o candidato presidencial do partido serão distribuídos.

Missouri, Mississippi, Washington, Dakota do Norte e Idaho também realizam votações

Desde as conquistas da Super Terça, Biden assumiu a dianteira nacional nas pesquisas e no número de delegados, derrotou os rivais ainda viáveis —com exceção de Sanders— e recebeu mais uma leva de anúncios de apoio de democratas destacados e ex-concorrentes, como os senadores Kamala Harris e Cory Booker.

Os democratas que temem que as propostas social-democratas de Sanders para reestruturar a economia condenariam o partido a uma derrota na eleição de novembro correram para cerrar as fileiras de Biden, o ex-vice-presidente de Barack Obama.

Biden apareceu nas quatro pesquisas mais recentes feitas em Michigan com uma vantagem de dois dígitos. No entanto, Hillary tinha uma dianteira semelhante nas sondagens de Michigan sobre Sanders antes da primária de 2016, o que torna as previsões do resultado deste ano ainda menos confiáveis do que o normal.

No Michigan, Sanders insistiu em suas críticas ao apoio passado de Biden a pactos comerciais globais como o Acordo de Livre Comércio da América do Norte (Nafta) – que é impopular no Estado devido à percepção de que roubou empregos locais.

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below