for-phone-onlyfor-tablet-portrait-upfor-tablet-landscape-upfor-desktop-upfor-wide-desktop-up

Não há planos para fechar Parlamento britânico após teste positivo para coronavírus, diz porta-voz

Edifício do Parlamento britânico, em Londres 05/03/2020 REUTERS/Simon Dawson

LONDRES (Reuters) - Não há planos para fechar o Parlamento britânico após uma autoridade de saúde testar positivo para o novo coronavírus e outra parlamentar ser aconselhada a ficar em casa como precaução, disse uma porta-voz nesta quarta-feira.

Nadine Dorries é ministra júnior da Saúde e afirmou ter testado positivo para o vírus, colocando-se em autoisolamento. Uma parlamentar da oposição que conheceu Dorries também foi aconselhada a ficar em isolamento por autoridades de saúde.

“No momento, não há planos para suspender o Parlamento”, disse uma porta-voz em comunicado.

“Estamos seguindo de perto as recomendações da Saúde Pública em resposta à situação e fomos assegurados de que as medidas tomadas são proporcionais e apropriadas.”

Parlamentares expressaram preocupações de que as instalações envelhecidas da Casa estejam mal equipadas para lidar com um surto do vírus e que os membros do Parlamento possam representar um risco maior porque viajam muito e conhecem pessoas.

Qualquer decisão sobre encerrar as atividades seria tomada após uma consultoria realizada entre as autoridades parlamentares, os presidentes de ambas Casas e o governo.

O ministro das Finanças do Reino Unido, Sajid Javid, deve apresentar um comunicado sobre orçamento nesta quarta-feira, um dos dias mais importantes do calendário parlamentar britânico.

Por William James

for-phone-onlyfor-tablet-portrait-upfor-tablet-landscape-upfor-desktop-upfor-wide-desktop-up