for-phone-onlyfor-tablet-portrait-upfor-tablet-landscape-upfor-desktop-upfor-wide-desktop-up

"Obrigado China!!!" México agradece suprimentos médicos para tratar coronavírus

Ministro das Relações Exteriores do México, Marcelo Ebrard 20/03/2020 Presidência do México/Divulgação via REUTERS

CIDADE DO MÉXICO (Reuters) - O principal diplomata do México agradeceu, em uma mensagem online que viralizou, a duas instituições de caridade chinesas por doar suprimentos médicos para ajudar a conter a epidemia de coronavírus.

“Obrigado China!!!”, escreveu o ministro das Relações Exteriores, Marcelo Ebrard, em um post no Twitter na noite de terça-feira, junto a uma reportagem da imprensa local sobre os suprimentos doados.

A Fundação Jack Ma e a Fundação Alibaba doaram 100 mil máscaras, 50 mil kits de teste e cinco respiradores, que chegaram ao México por volta da meia-noite de terça-feira, segundo o Centro Cultural Chinês no país da América do Norte.

A China, onde o coronavírus teve origem no ano passado, vem atraindo países latino-americanos com diplomacia médica, num momento em que a potência do continente, os Estados Unidos, luta para conter a disseminação do vírus altamente contagioso dentro de suas próprias fronteiras.

No mês passado, Ebrard disse que o governo da China estava ajudando o México a obter 300 respiradores.

“Eles tiveram uma atitude louvável com o México. Eles compartilharam conosco todas as informações e descobertas”, afirmou.

Até o momento, o México registrou 1.215 casos de coronavírus e 29 mortes. Autoridades têm alertado que hospitais e clínicas podem ficar sobrecarregados se o número de infecções subir para os níveis observados na Europa.

Reportagem de Anthony Esposito e Ana Isabel Martinez

for-phone-onlyfor-tablet-portrait-upfor-tablet-landscape-upfor-desktop-upfor-wide-desktop-up