for-phone-onlyfor-tablet-portrait-upfor-tablet-landscape-upfor-desktop-upfor-wide-desktop-up

Chefe da Agência de Proteção Civil da Itália vê prorrogação de quarentena para além de maio

Homem com máscara de proteção caminha em Milão 03/04/2020 REUTERS/Daniele Mascolo

ROMA (Reuters) - A quarentena nacional da Itália para tentar conter a disseminação do coronavírus provavelmente continuará além do início de maio, disse Angelo Borrelli, chefe da Agência de Proteção Civil, nesta sexta-feira.

Nesta semana, o governo estendeu o confinamento --que impõe severas restrições ao movimento e fecha todos os serviços e empresas que não são considerados essenciais-- até 13 de abril.

Em uma entrevista de rádio com a emissora estatal RAI, Borrelli foi questionado se as medidas precisariam permanecer em vigor por mais semanas.

“Infelizmente, elas vão”, respondeu. “Não acredito que essa situação terá passado até 1º de maio, precisamos ser extremamente rigorosos.”

Até quinta-feira, a Itália havia registrado 13.915 mortes pelo vírus altamente contagioso, um número consideravelmente maior do que em qualquer outro país do mundo.

Por Angelo Amante

for-phone-onlyfor-tablet-portrait-upfor-tablet-landscape-upfor-desktop-upfor-wide-desktop-up