for-phone-onlyfor-tablet-portrait-upfor-tablet-landscape-upfor-desktop-upfor-wide-desktop-up

Hospitais estão sob "estresse máximo" na 2ª região espanhola mais atingida pelo coronavírus

Líder do governo regional da Catalunha, Quim Torra, conversa ao telefone durante entrevista à Reuters em Barcelona 03/04/2020 GOVERNO REGIONAL DA CATALUNHA/Divulgação via REUTERS

BARCELONA (Reuters) - Os hospitais da Catalunha, a segunda região espanhola mais atingida pela pandemia de coronavírus, estão sob “estresse máximo”, alertou o líder regional, Quim Torra, à Reuters nesta sexta-feira.

A segunda região mais populosa da Espanha tem a maior quantidade de pacientes de coronavírus em tratamento intensivo no país – 2.053, de acordo com os dados mais recentes – e já registrou 2.335 fatalidades, só ficando atrás da região de Madri.

“No nível hospitalar, estamos conseguindo reagir a todos os casos que estão chegando, mas estamos no limite, estamos sob estresse máximo”, disse Torra, o chefe do governo catalão, em uma entrevista, acrescentando que a principal questão é a escassez de equipamento.

Torra deu a entender que, por causa do surto de coronavírus, a eleição antecipada que ele deveria convocar nas próximas semanas provavelmente será realizada depois do verão no hemisfério norte.

Por Joan Faus

for-phone-onlyfor-tablet-portrait-upfor-tablet-landscape-upfor-desktop-upfor-wide-desktop-up