April 18, 2020 / 4:32 PM / 3 months ago

Alguns Estados dos EUA miram reabertura econômica; Nova York exige uso de máscaras

(Reuters) - Enquanto alguns Estados norte-americanos tentam reabrir suas economias atingidas pelo coronavírus em meio a protestos de apoiadores do presidente Donald Trump, ávidos por voltar ao trabalho, o Estado de Nova York, o mais atingido do país, começou a exigir o uso de máscaras em público para conter a propagação do patógeno.

Sábado marca o fim de outra semana em que milhões de norte-americanos ficaram sem pagamento. Mais de 20 milhões solicitaram benefícios de desemprego apenas nas últimas semanas, em meio ao fechamento de empresas e escolas e severas restrições de viagens para tentar conter o vírus altamente contagioso que atingiu a economia dos EUA.

Mesmo com grandes empresas como Walmart e Amazon.com contratando, alguns norte-americanos que vivem em áreas de Estados com taxas mais baixas de infecção ficaram inquietos com as restrições, levando a protestos nesta semana de simpatizantes de Trump em Minnesota, Michigan e Virgínia.

Vários Estados, incluindo Ohio, Michigan, Texas e Flórida, disseram que pretendem reabrir partes de suas economias, talvez até 1º de maio ou mais cedo.

Mas especialistas em saúde alertaram que, para evitar uma segunda onda de infecções à medida que as pessoas retornam ao trabalho, muitos testes precisam estar disponíveis para rastrear infecções, além de rastreamento de contatos e testes de anticorpos para saber quem já foi infectado e pode ter alguma imunidade.

Andrew Cuomo, governador do estado de Nova York, o mais atingido, disse que era necessário financiamento federal para essa magnitude de teste e acusou Trump de passar a responsabilidade para os estados sem fornecer a ajuda financeira necessária.

Enquanto as taxas de hospitalizações e a necessidade de leitos de terapia intensiva diminuíram em Nova York, o número diário de mortes continua a ser devastador, com mais de 600 mortes por dia.

Para ajudar a retardar a propagação do vírus, Cuomo implementou o uso obrigatório de máscaras em todo o estado para qualquer pessoa em público incapaz de praticar o distanciamento social. As regras, que abrangem todos os que usam transporte público ou veículos de aluguel, entraram em vigor na sexta à noite.

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below