for-phone-onlyfor-tablet-portrait-upfor-tablet-landscape-upfor-desktop-upfor-wide-desktop-up

Apesar de recorde de casos, Putin diz que a crise do coronavírus está sob total controle

MOSCOU (Reuters) - O presidente da Rússia, Vladimir Putin, disse que a crise do coronavírus está sob controle das autoridades russas e que tudo dará certo com a ajuda de Deus, apesar de o país ter registrado, neste domingo, um aumento recorde no número de casos.

Nas últimas 24 horas, a nação registrou 6.060 novos casos, levando o total nacional a 42.853, embora o número oficial de 361 mortos permaneça relativamente baixo, se comparado a outros países com similar número de casos.

Em uma mensagem de vídeo para parabenizar os cristãos pela Páscoa Ortodoxa, Putin disse que o festival religioso iria fortalecer a esperança e a fé dos russos porque a ressurreição de Cristo é um poderoso símbolo de renascimento e uma lembrança que a vida continua.

O líder russo, que aparentava estar tranquilo em frente a uma lareira, disse que o país possui todos os recursos necessários para cuidar da saúde das pessoas e da economia.

O porta-voz do Kremlin, Dmitry Peskov, disse à agência de notícias RIA haver esperança que sinais possam começar a aparecer na próxima semana sobre uma estabilização do número de novos casos, que vem crescendo implacavelmente.

Autoridades e clérigos exortaram os cristãos a permanecerem em casa durante o fim de semana da data comemorativa para sua segurança, embora outro líder da igreja tenha pedido à polícia no sábado que fosse leniente com aqueles que desejassem se dirigir aos templos.

Reportagem de Andrew Osborn e Polina Devitt

for-phone-onlyfor-tablet-portrait-upfor-tablet-landscape-upfor-desktop-upfor-wide-desktop-up