for-phone-onlyfor-tablet-portrait-upfor-tablet-landscape-upfor-desktop-upfor-wide-desktop-up

Jordânia adia reajuste ao setor público em meio à crise do coronavírus

AMÃ (Reuters) - A Jordânia vai atrasar o reajuste de salários do setor público, estabelecido no orçamento do país para 2020, até o fim do ano, para amenizar as pressões fiscais adquiridas com a crise do coronavírus, informou neste domingo o ministro das Finanças do país.

Mohammad Al Ississ disse à emissora de televisão Al Mamlaka que a medida fiscal está no pacote instaurado depois de a crise ter retirado 14 bilhões de dólares do orçamento de 2020, que incluía alguns dos maiores aumentos para o funcionalismo público em anos.

A Jordânia está entre os governos que mais gastam no mundo em relação ao tamanho da sua economia.

Reportagem de Suleiman Al-Khalidi

for-phone-onlyfor-tablet-portrait-upfor-tablet-landscape-upfor-desktop-upfor-wide-desktop-up