for-phone-onlyfor-tablet-portrait-upfor-tablet-landscape-upfor-desktop-upfor-wide-desktop-up

Barcelona abre praias enquanto Espanha decide próximos passos do fim do isolamento

MADRI/BARCELONA (Reuters) - O governo espanhol decidirá nesta sexta-feira em quais regiões bares, restaurantes e locais de culto abrirão durante a próxima fase de uma saída gradual do isolamento contra o coronavírus, mas parece provável que Madri e a Catalunha ainda não avançarão.

Pessoas jogam futebol em praia de Barcelona 08/05/2020 REUTERS/Nacho Doce

Em um sinal de volta à normalidade, praias de Barcelona abriram brevemente entre às 6h e às 10h desta sexta-feira para permitir que as pessoas se banhassem e caminhassem. Pessoas nadaram e remaram sobre pranchas sob supervisão da polícia.

“Isto é liberdade”, disse, sorridente, a nadadora Marta Torrents na praia vestida com um traje de mergulho. “Poder entrar no mar e nadar, para mim isso é perfeito.”

A Espanha é um dos países mais atingidos pela pandemia de coronavírus no mundo, acumulando mais de 26 mil mortes. As regiões de Madri e Catalunha, que inclui Barcelona, respondem por cerca de metade de todas as infecções registradas.

O governo decidirá quais regiões avançarão para a segunda de suas quatro fases de saída nesta sexta-feira, e os resultados serão publicados oficialmente no sábado. O país almeja voltar à vida normal até o final de junho.

“Há duas áreas atingidas mais severamente pela epidemia, Madri e Barcelona, e talvez seja sensato que nestas duas áreas a saída aconteça em um ritmo mais lento”, disse o vice-primeiro-ministro, Pablo Iglesias, em uma entrevista a uma rádio ainda nesta sexta-feira.

A Espanha está saindo de um isolamento rigoroso, atualmente em sua oitava semana, que abalou a economia e levou à perda de centenas de milhares de empregos.

O governo amenizou as regras nesta semana, quando as pessoas tiveram permissão de se exercitar e pequenos negócios, como cabeleireiros, receberam clientes com restrições para manter o distanciamento social.

No próximo estágio, bares, restaurantes e locais de culto poderão abrir com capacidade limitada.

Na quarta e última fase, que se espera para o final de junho, as praias serão liberadas para banhos de sol e restrições a lojas e restaurantes serão mais afrouxadas.

Tradução Redação São Paulo, 5511 56447759 REUTERS ES

for-phone-onlyfor-tablet-portrait-upfor-tablet-landscape-upfor-desktop-upfor-wide-desktop-up