for-phone-onlyfor-tablet-portrait-upfor-tablet-landscape-upfor-desktop-upfor-wide-desktop-up

Capital dos EUA prorroga confinamento domiciliar até 8 de junho

WASHINGTON (Reuters) - O distrito de Colúmbia, que abriga a capital dos Estados Unidos, Washington D.C., prorrogou um decreto de confinamento domiciliar até 8 de junho, disse a prefeita nesta quarta-feira.

Moradora de Washington D.C. 29/04/2020 REUTERS/Kevin Lamarque

O decreto, que objetiva conter a disseminação do novo coronavírus, estava programado para terminar no dia 15 de maio.

A prefeita, Muriel Bowser, acenou com a possibilidade de a capital norte-americana reabrir antes. Ela disse a repórteres que, se esta atingir certas métricas, como um número declinante de casos ao longo de 14 dias e um índice de transmissão baixo contínuo, pode optar por voltar à atividade mais cedo.

Washington relatou 6.584 casos de coronavírus e 350 mortes até agora. Embora Bowser tenha dito que os dados refletem alguns sinais animadores, acrescentou: “Ainda não chegamos lá”.

O anúncio chegou no momento em que a Casa Branca pressiona os Estados a reativarem os negócios, enquanto especialistas em saúde pública pedem cautela.

Ao depor ao Senado na terça-feira, Anthony Fauci, o maior especialista em doenças infecciosas do país, expressou o receio de que suspender os isolamentos provoque surtos incontroláveis.

Tanto Maryland quanto a Virgínia, Estados vizinhos em que muitos funcionários do governo federal moram, decidiram reabrir setores do comércio em parte de seus territórios, mas uma grande parcela dos subúrbios no entorno imediato de Washington permaneceu fechada.

O governo é considerado um serviço essencial, mas muitos servidores estão trabalhando em casa atualmente.

“Sabemos que o governo é essencial e que o trabalho do governo é essencial, especialmente nossos parlamentares. O que incentivei o governo federal a fazer é manter tantas pessoas quanto possível no teletrabalho”, disse Bowser.

Senadores voltaram a Washington no início deste mês depois de seis semanas em casa. O médico do Congresso aconselhou os parlamentares a usarem máscaras, manterem uma distância de dois metros e limitarem o número de assessores no Capitólio.

A Câmara dos Representantes, que está praticamente fechada desde março, retomará os trabalhos na sexta-feira para votar um pacote de socorro financeiro do coronavírus.

for-phone-onlyfor-tablet-portrait-upfor-tablet-landscape-upfor-desktop-upfor-wide-desktop-up