for-phone-onlyfor-tablet-portrait-upfor-tablet-landscape-upfor-desktop-upfor-wide-desktop-up

Trump diz que pode querer sair para comícios de campanha em meio à pandemia

Trump segura escudo de proteção durante visita a fábrica da Ford Rawsonville Components, que fabrica ventiladores, máscaras e outros equipamentos médicos, em Ypsilanti, Michigan 21/5/2020 REUTERS/Leah Millis

YPSILANTI, Michigan/FILADÉLFIA (Reuters) - O presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, está ansioso para voltar à para as eleições do dia 3 de novembro e disse nesta quinta-feira que pode ter de promover comícios de campanha em locais abertos antes mesmo de ser possível realizar eventos tradicionais devido à pandemia de coronavírus.

“Precisamos voltar aos comícios”, disse Trump a jornalistas durante uma visita na fábrica da Ford em Ypsilanti, no Michigan. “Eu acredito que será em breve.”

Com pouco mais de cinco meses até as eleições, Trump está atrás do rival democrata Joe Biden nas pesquisas nacionais e em alguns Estados como o Michigan, onde ele venceu em 2016.

Um membro da campanha de Trump disse que autoridades se reuniram na semana passada para discutir como e quando retomar os grandes comícios de campanha pelos quais ele anseia.

“Está claro, ele está querendo a retomada dos comícios”, disse o integrante da campanha.

A reunião foi uma sessão ampla para levantar ideias e discuti-las, entre elas uma proposta de ter um comício parecido com um cinema drive-in.

Segundo o integrante da equipe da campanha, a organização pensa em realizar comícios já em meados de junho, preferencialmente em Estados decisivos como Wisconsin, Flórida, Pensilvânia e Michigan.

Reportagem adicional de Steve Holland em Washington

for-phone-onlyfor-tablet-portrait-upfor-tablet-landscape-upfor-desktop-upfor-wide-desktop-up