for-phone-onlyfor-tablet-portrait-upfor-tablet-landscape-upfor-desktop-upfor-wide-desktop-up

Trump pede que governadores dos EUA reprimam protestos violentos

Fogos de artifício explodem atrás de policiais durante protesto em Ferguson, Missouri 31/05/2020 REUTERS/Lawrence Bryant

WASHINGTON (Reuters) - O presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, exortou os Estados do país nesta segunda-feira a reprimirem os protestos violentos que tomaram conta de algumas cidades norte-americanas, dizendo que as autoridades deveriam “dominar” e prender pessoas para restaurar a ordem depois da sexta noite seguida de vandalismo e saques, noticiou a mídia dos EUA.

Moradores e donos de negócios de cidades que vão de Nova York a Santa Monica, na Califórnia, passaram a segunda-feira varrendo vidro quebrado e avaliando os estragos depois que protestos contra desigualdades sociais e a força excessiva da polícia voltaram a se tornar violentos na noite de domingo.

“Vocês têm que dominar”, disse Trump aos governadores em um telefonema particular, noticiou o jornal New York Times. “Se vocês não dominarem, estão perdendo tempo -- eles atropelarão vocês, vocês ficarão parecendo um bando de idiotas”.

A CBS News, que também obteve o áudio da ligação, disse que Trump atribuiu a violência à “esquerda radical”.

Dezenas de cidades dos EUA continuavam com toques de recolher em um nível que não se via desde os tumultos ocorridos após o assassinato do ativista de direitos civis Martin Luther King Jr. em 1968. A Guarda Nacional foi mobilizada em 23 Estados e ma capital Washington.

Autoridades tiveram que apagar incêndios perto da Casa Branca e deter o saque de lojas de diversas cidades. A Agência Federal de Administração de Emergências relatou tumultos civis “significativos em andamento” em 36 cidades dos EUA.

Nesta segunda-feira, dezenas de pessoas homenagearam George Floyd, homem negro que foi morto por um policial branco de Mineápolis, no local em que ele perdeu a vida.

for-phone-onlyfor-tablet-portrait-upfor-tablet-landscape-upfor-desktop-upfor-wide-desktop-up