June 3, 2020 / 2:59 PM / a month ago

Italianos voltam a viajar dentro do país após relaxamento de restrições

MILÃO (Reuters) - Os italianos tiveram permissão de viajar a outras regiões do país pela primeira vez em quase três meses nesta quarta-feira, em um novo relaxamento das restrições do isolamento imposto para conter a disseminação do novo coronavírus.

Passageiros com máscara carregam malas em plataforma de trem em Milão 03/06/2020 REUTERS/Flavio Lo Scalzo

Os viajantes que embarcavam em trens em Milão, capital da Lombardia, no norte da Itália, estavam animados com a perspectiva de finalmente poderem visitar familiares e amigos de outras partes da Itália.

“Trabalho aqui em Milão, e até agora não podia circular entre regiões”, disse Anna Falcone, que estava prestes a embarcar em um trem para a Calábria, no sul italiano, para ver os pais.

“Mas agora, com a possibilidade do trabalho inteligente, posso voltar para casa e me encontrar com meus pais e abraçá-los novamente depois de três meses sem vê-los”, disse. “Estou feliz, e mal posso esperar para vê-los”.

A Lombardia continua sendo uma das regiões mais afetadas do mundo pela pandemia, e responde por cerca de metade das 33.500 mortes de Covid-19, a doença respiratória causada pelo novo coronavírus, na Itália.

As máscaras hoje obrigatórias e os grupos de agentes de segurança que verificam temperaturas são lembretes constantes de que a epidemia ainda não foi domada.

As regras de distanciamento social continuam em vigor, e as lojas limitam entradas de forma rotineira. Grupos de pessoas que se reúnem diante de bares ou em parques causam demonstrações ocasionais de revolta pública.

Os governadores de algumas regiões do sul italiano, muito menos afetado pela pandemia, temem que o afrouxamento das restrições de viagem leve viajantes das cidades do norte, como Milão, a propagarem o vírus acidentalmente.

E como a economia deve encolher cerca de 9% neste ano e milhares de empresas enfrentam um futuro incerto, poucos italianos têm a ilusão de que a vida voltará ao normal em breve.

“O isolamento trouxe uma realidade econômica muito dura, e nos próximos meses veremos realmente seu impacto”, disse Alessandro Peruzzo, que se preparava para visitar a família em Treviso, cidade do nordeste do país.

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below